Facebook

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Os Signos do Zodíaco e o Esporte


-->
Acho que optei por este tema porque na verdade estou lutando contra minha preguiça escorpionina em realmente me matricular urgente em uma academia, na verdade eu não gosto, ou reiniciar aquela caminhada diária que eu abandonei no começo de 2009. Nem é tanto pela vaidade, apesar de eu ter o planeta Vênus no Meio do Céu (não gosto do “feio”- gosto do belo do harmonioso) precisaria perder aqueles quilinhos que só a idade consegue trazer certeiramente a mulher, quer ela queira quer não. 

Mas sim pela saúde. Chegou à hora de eu ter de conservar a musculatura firme para proteção dos ossos. Aventuro-me a alguns exercícios com “pesinhos de pés e mãos” em casa mesmo intercalando com dias de alongamento. Mas isso tudo não passa de 15 a 20 minutos diários. Fraco né? Mas enfim...

Os signos que apresentam maior tendência ao “espírito esportivo” são os do elemento fogo: Áries, Leão, Sagitário, isto se deve ao fato deles terem muita energia e dinamismo. Mas, sobretudo, é necessário ter na Carta Astrológica, o planeta Marte dominante e em bom aspecto com Mercúrio que resultaria em agilidade e rapidez de reflexos. E se Marte fizer bom aspecto com o planeta Saturno dará resistência ao nativo.

O ariano dará preferência aos esportes arriscados e de combate como por exemplo, corridas de automóvel ,  artes marciais, boxe, defesa pessoal, musculação, e a ginástica de alto impacto. Eles gostam de ter força. Como este nativo é o mais impulsivo do zodíaco ele pode escolher o primeiro esporte que lhe vem a cabeça para começar na prática esportiva.

o taurino irá se interessar pelo esporte pacifico, tais como a pesca ou a caça que além de tudo o coloca em contato direto com a natureza.  O que para este signo é bastante importante. O Touro também aprecia a prática do ballet, ginástica em barra e acrobacias. Quando ele supera a “lentidão” e decide por uma prática esportiva, geralmente estará associado ao perder peso, visto que ele aprecia a boa culinária, está sempre fora do peso.

O geminiano se dará bem em esportes que exijam mobilidade e vivacidade tais como: caminhadas, ciclismo, corrida, vôlei e remo.  A única dificuldade deste signo é em ficar por muito tempo praticando sempre o mesmo esporte. Curioso por natureza, o geminiano estará sempre atrás de experimentar novidades.

Para o canceriano um bom esporte são aqueles de defesa cuja prática eles encontram um bom equilíbrio.  Os esportes praticados na água aqui fazem sucesso: natação, hidroginástica, hidromassagem. O Tai chi chuan irá canalizar sua sensibilidade.  A escolha de um esporte aqui, depende do seu interior, do como ele se sente e se percebe.

O leonino gosta mesmo de manter sua forma: ginástica, musculação, ginástica localizada para deixar o corpinho apreciável e de preferência ao som de boa música para dar ritmo aos exercícios.  Gostam também do atletismo e da ginástica olímpica. De preferência irão praticar o esporte onde eles possam ser mais “vistos”.

O virginiano será imbatível nos esportes que exijam precisão e um esforço regular. Nesta categoria pode-se incluir o tênis de quadra, tênis de mesa e as caminhadas, bilhar. Mas antes de se aventurar pela prática do esporte, este signo irá analisar atentamente qual trará melhor benefício para sua saúde e qual seu organismo está apto a enfrentar sem lhe trazer  prejuízo para a saúde.

Para o libriano que é mais esteta que esportivo, deixamos a dança, a ginástica rítmica e o vôlei de praia. Sempre em dupla será mais divertido praticar o esporte. Para que caminhar sozinho se eu posso ter uma companhia. E é assim que este signo escolhe sua atividade esportiva, em primeiro lugar buscando uma companhia.

O escorpionino é bom em todos os esportes individuais. Surf, mergulho, trilhas ecológicas e as ginásticas e imitam os movimentos dos animais. Ele de preferência irá escolher o mais difícil de suportar. Desde claro, que ele deixe a preguiça de lado.

O sagitariano adora os grandes circuitos. Equitação, ralis. Ele vai bem, no arremesso de dardos, arco e flecha, salto à distância. Rapel. Todos os esportes que possam ser praticados ao ar livre. Este sempre será o melhor equipado de todos os signos para praticar seja que esporte for. Busca sempre aquele que julga ser simplesmente o  “melhor” esporte, o único que vale a pena ser praticado.

Para o capricorniano será prazeroso os esportes de resistência e ultrapassagem como no caso do alpinismo, rali, marcha atlética, vôlei, basquete e caminhadas. A escolha deste signo será sempre feita de acordo com sua necessidade, ou seja: de acordo com o objetivo a ser alcançado. Uma vez decidido por um esporte, este capricorniano se dedicará espartanamente até ter atingido seu objetivo.

o aquariano deveria ter uma categoria de esportes “interplanetários”. Mas como isso ainda não tem o jeito é praticar o pára-quedismo, a asa delta, bem como futebol e jogos de quadra. Os aparelhos computadorizados das academias modernas fazem sucesso. Buscará utilizar das atividades sempre visando um bem maior.

Bom para o pisciano todos os esportes náuticos. Mas ele sai bem também em todos os esportes coletivos. Natação, mergulho, ginástica aquática, e velejar. Favorece também na dança flamenca e na patinação no gelo. Pode ficar mais tempo imaginando o que praticar do que propriamente de decidindo pela prática de determinado esporte.

 Ely da Costa Varella 


Fases da Lua

CURRENT MOON

Lua Fora de Curso

A Lua fora de Curso se dá quando ela transita por um signo e não faz mais nenhum aspecto (ângulo de zero, sessenta, noventa, cento e vinte e cento e oitenta graus) enquanto está naquele signo. É como se a Lua estivesse incomunicável. O fato de não fazer aspectos indica que aquele assunto não terá sustentação ou vai ocorrer de forma imprevisível.

Neste momento o bom é dar continuidade ao que já se conhece, que já está implantado. Você não vai perceber o efeito desta Lua em casa ou no trabalho fazendo suas atividades do dia-a-dia.

Sabe aquela meditação que nunca arranjamos tempo para fazer ou exercícios de relaxamento que na verdade nunca desligamos totalmente? E aquela massagem que sabemos que merecemos, mas nos falta tempo para nos permitir? Então, essa é a hora certa se praticar tais atividades introspectivas.

E o que não fazer no período desta Lua? Bem aqui vai uma pequena lista:

-Marcar vôos para viagens longas, se você tiver objetivos em outro país (sobretudo de longo prazo).

-Mudar-se de casa.

-Começar qualquer atividade que pretenda ter efeitos a longo prazo.

-Submeter-se a cirurgias.

-Realizar matrículas em cursos.

-Inaugurar empreendimentos (nada de estréia de peça de teatro, exposição, lançamento de livro, etc.)

-Marcar reuniões inaugurais importantes para este período.

-Ter o primeiro encontro para sair com alguém em quem você esteja interessado.

-Marcar consulta com um médico que você ainda não conhece

Tabela da Lua fora de curso para Outubro de 2016

Signo onde a Lua fora de curso está
Dia e horário de início da LFC
Dia e horário do final da LFC

  • 02h44 até 16h44 do dia 02, em Escorpião
  • 22h05 do dia 04 até 05h27 do dia 05, em Sagitário
  • 03h27 até 17h41 do dia 07, em Capricórnio
  • 13h52 do dia 09 até 03h34 do dia 10, em Aquário
  • 20h05 do dia 11 até 09h44 do dia 12, em Peixes
  • 04h14 até 12h09 do dia 14, em Áries
  • 02h24 até 13h05 do dia 16, em Touro
  • 12h47 do dia 17 até 12h31 do dia 18, em Gêmeos
  • 09h18 até 13h29 do dia 20, em Câncer
  • 17h15 até 17h35 do dia 22, em Leão
  • 10h22 do dia 24 até 01h17 do dia 25, em Virgem
  • 16h34 do dia 26 até 11h52 do dia 27, em Libra
  • 08h11 do dia 29 até 00h02 do dia 30, em Escorpião

Os horários correspondem ao horário de Brasília de 3 horas a menos em relação a Greenwich. Para outras localidades, é necessário somar ou subtrair horas, de acordo com o fuso horário.


"O horóscopo de nascimento só pode ser corretamente interpretado por homens e mulheres de sabedoria intuitiva; e destes há poucos" (Paramahansa Yogananda)

"Ainda que os planetas rejam os destinos terrestres, não deveria ser esquecido que Deus os controla. Entregando-nos a Ele, os efeitos planetários são suavizados e algumas vezes mudados. Quando a graça de Deus desce, os efeitos planetários são muito fracos" (primeiro filósofo da Índia: Satguru Keshavedas)



Os Aspectos

Os aspectos podem ser divididos em duas categorias: harmônicos e fluentes, ou dinâmicos e desafiadores, como bem os definiu Stephen Arroyo. Aqui apenas vou citar os principais:

Na primeira categoria, a dos aspectos harmônicos e fluentes estão algumas:

Conjunções
:

este aspecto tem uma distância de zero graus entre os planetas envolvidos. Sua influência positiva ou negativa, varia de acordo com os planetas envolvidos. É considerado o mais importante na astrologia, pois representa a junção de duas fortes energias.

O sêxtil:
a distância entre os planetas envolvidos é de sessenta graus. Considerado um aspecto fácil, pode nem sempre ser aproveitado pelo indivíduo. Ele é sempre uma saída para aliviar a tensão provocada por aspectos difíceis.

O trígono:
este mantém uma distância de cento e vinte graus entre os planetas envolvidos. É o mais fácil de todos os aspectos. Pode indicar um talento fácil de ser expressado. Porém ele pode provocar excessos que podem ser distorcidos devido à cooperação entre os planetas envolvidos.

Na segunda categoria, de aspectos dinâmicos e desafiadores, além de termos novamente algumas conjunções temos:


A quadratura:
este aspecto assinala noventa graus a distância entre os planetas. Este é o aspecto mais difícil, pois acaba trazendo sempre frustrações. Ele provoca tensão interior; são a duas facetas da personalidade em discórdia dentro do indivíduo.

A oposição:
este apresenta uma distância de cento e oitenta graus. Considerado um aspecto negativo, pois existe aqui a necessidade de se chegar ao meio-termo, de aliviar a tensão. Ele não cria uma grande frustração interior, mas quando conseguimos entender uma oposição podemos transformar esta energia em uma expressão mais positiva. Eu gosto de comparar a oposição a uma gangorra: podemos olhar os dois lados dela e desta forma eliminar o excesso do impulso, controlando as duas faces da personalidade.

Ely da Costa Varella