Facebook

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Os planetas situados no Meio do Céu

-->
-->
Eu já escrevi um texto neste blog, mostrando a vocação (ver em marcadores) através dos Signos divididos pelos quatro Elementos: Fogo, Terra, Ar e Água.

A Astrologia pode apontar a especialidade na qual a capacidade do indivíduo pode ter eco.

O gráfico astrológico se divide em doze Casas; é só ir aos marcadores – Casas -  e ter ali detalhadamente o significado de cada uma delas.

A Casa Dez, ou o Meio do Céu (MC) como é na verdade chamada pelos profissionais, representa o ponto de culminação do Sol. Este é o segundo ponto mais importante do Mapa, vindo acompanhado do Signo Ascendente (ASC) que representa o nascimento do Sol. É o ponto de interseção entre a eclíptica e o meridiano do local de nascimento da pessoa. O Sol se encontra nesta posição ao meio-dia, hora local. Os Planetas aqui colocados adquirem um valor de importância muito grande, pois sua influência em nossa vida não passa despercebida. Em Astrologia usamos o termo dominante para os Planetas aqui localizados.

Um olhar atento sobre a Casa Zodiacal Dez no Mapa de Nascimento, poderá nos falar a respeito de como cada um de nós se realiza profissionalmente; qual o lugar que ocupa no mundo, seu ponto culminante, seu papel e como participa das regras da sociedade. Se atinge o sucesso ou fracasso, mais do que o sucesso propriamente dito, será apontado o desejo de ter sucesso de afirmar-se.

Lembrando sempre que o sucesso é subjetivo: eu posso aos olhos dos outros não ter atingido o que pensavam que eu pudesse atingir na escalada social, porque simplesmente não me tornei uma celebridade. Mas eu posso me sentir “um sucesso” porque trabalho no que gosto, ou porque sou respeitada pelo meu trabalho ou porque simplesmente atingi os meus objetivos quando assim iniciei uma profissão.

Então sucesso, não tem nada a ver com fama.

Falar dos Planetas nesta posição apenas nos dará um esboço do que pode acontecer conosco profissionalmente. Lembrando sempre, que um gráfico astrológico para ser bem interpretado, precisa que olhemos vários aspectos: os Signos nas “cúspedes” de cada Casa Astral, os Planetas em que Signo e Casas eles se encontram, que tipo de aspectos os Planetas formam entre si (tensos ou harmoniosos), a divisão dos Planetas e Signos através dos Elementos, enfim apenas para efeito de despertar o interesse para que cada um faça seu Mapa de Nascimento, venho, em um rápido esboço levá-los a uma pequena reflexão sobre o assunto.

Sol no Meio do Céu
As pessoas que nascem com o planeta Sol nesta posição de Casa, estão diretamente ligadas à busca da valorização pessoal. Buscam se destacar na profissão. Querem ter prestígio e poder e para tal, contam com o apoio de pessoas influentes. Como a tônica da vida se volta para o trabalho, muitas vezes esses indivíduos negligenciam a vida particular. Mas o cuidado aqui está em que a “subida” profissional pode ser conquistada também através de circunstâncias felizes onde a pessoa cresce não necessariamente por competência. Então neste caso se prepare para possíveis revezes na vida profissional.

Lua no Meio do Céu
A Lua nesta posição nos inclina a popularidade boa, no caso de estar bem “aspectada”, ou ao contrário, a baixa popularidade no caso dela estar sofrendo aspectos tensos de Planetas ditos negativo. Isto provoca uma reputação instável e muitas vezes sujeita à opinião pública. O indivíduo que nasce com esta posição quer ser reconhecido, quer ter status, não quer a rotina em sua vida profissional. Pode haver mudança de profissão ao longo da vida ou mudança de situação social. Aqui também a pessoa fica sujeita a acontecimentos externos influenciarem sua profissão ou a posição social.

Mercúrio no Meio do Céu
Este planeta representa a comunicação, então o modo que o indivíduo com essa posição planetária fala, influi diretamente na sua reputação. Aqui há uma exigência de educar-se para melhor galgar a carreira. A pessoa aqui tem a sede do saber, quanto mais estuda, quanto mais conhecimento adquire melhor será sua escalada profissional. Em caso de bons aspectos este planeta confere ao indivíduo versatilidade, habilidade intelectual, intercâmbios. A comunicação com o público será o seu forte: discursar, trabalhar nos meios de comunicação. A vida social é mais encantadora do que a vida em casa. A carreira aqui também poderá ser instável. Formando aspectos negativos, a pessoa pode viver uma instabilidade geral, dispersão.

Vênus no Meio do Céu
Aqui encontramos um indivíduo sedutor no profissional. Tanto ele seduz como atrai afeição no meio profissional ou na vida social. Seu charme abre portas para o sucesso. Conta com o apoio de pessoas bem colocadas. Quer ser bem sucedido na vida. Importa-se com a aparência por isso cria uma imagem externa para impressionar. Bem posicionada pode trazer um sucesso artístico. Este indivíduo desenvolve a arte e a diplomacia no ambiente profissional. Normalmente seu modo de falar é agradável.

Marte no Meio do Céu
Este planeta representa a luta pela vida, é o planeta guerreiro. Então a pessoa que nasce com esta posição sente a vida social através do espírito de conquista. No ambiente profissional não faltará a rivalidade, os combates, e o resultado destas lutas irá depender da conversa que este planeta estiver tendo com os outros Planetas na Carta Natal. O objetivo aqui é ter êxito material. Tanto faz sofrer ou fazer sofrer na sua trajetória profissional. Mal “aspectado” este planeta pode trazer intrigas profissionais. Aqui o temperamento é impulsivo, que exige uma liberação dos instintos, uma vida ativa com  resultados imediatos e tangíveis.

Júpiter no Meio do Céu
O cerne aqui é a aspiração a um poder reconhecido. Este indivíduo precisa de honrarias, ocupar chefia, ser guia. Bem “aspectado” este planeta traz o sucesso profissional com inúmeras oportunidades ao longo da carreira. Tem sempre proteção das pessoas bem colocadas. No caso deste planeta estar mal influenciado por outros Planetas, haverá no indivíduo, uma ambição desmedida, mal adaptada às possibilidades. Pode vir a tona um lado tirânico.

Saturno no Meio do Céu
Este “Senhor do Carma” pode imprimir uma trajetória de quedas na corrida profissional, mas sem dúvida, cada passo que o indivíduo der aqui com responsabilidade, determinação o levará a uma trajetória onde dificilmente perderá o posto conquistado a duras penas. Esta pessoa mostrará seriedade os negócios, ambição de ter chegado onde queria, mas do que pelo dinheiro que possa conquistar com a profissão. Constrói sua reputação; difícil ser serviçal. Ele geralmente é confiante, um negociador de mão cheia. Se Saturno estiver mal aspectado então este nativo pode perder tudo que construiu; terá o orgulho seu pior inimigo nesta trajetória.

Urano no Meio do Céu
O planeta da revolução, da rebeldia, da liberdade, traz para esse indivíduo um inconformismo, uma independência tal que será difícil aceitar um patrão. São pessoas originais, excêntricas. Destacam-se dos outros em sua vida social e profissional. Precisa ter carreira independente porque sempre age de modo imprevisível ou audacioso. Mas se Urano estiver negativo no Mapa Astral, o destino da pessoa pode ser marcado por perturbações, dificuldade em adaptar-se, incapacidade de controlar os acontecimentos.

Netuno no Meio do Céu
Este planeta - que tem mais afinidade com as questões espirituais do que as materiais - imprime aqui uma incerteza na profissão. Deve cuidar da reputação, pois está sujeito a intrigas, descrédito, a se envolver em confusões que nem sabe como foi envolvido nelas. A situação social aqui fica dependendo do coletivo e das circunstâncias exteriores. O indivíduo aqui corre sempre o risco de não ter a menor noção de como é realmente a sua relação com os superiores. Pode ter sempre uma impressão contrária das coisas e lidar com o falso ao invés do verdadeiro.

Plutão no Meio do Céu
Este “Senhor dos Porões” faz com que as pessoas com esta posição se preocupem com a ética. Elas querem ter poder, mas aqui este poder será simplesmente para alterar situações. Terão dificuldade para encontrar sua real vocação. São normalmente dominadores podendo até se meter na vida alheia. A vida profissional fica sempre sujeita a transformações. Terão de lidar com olhar sempre profundamente o que está motivando para determinado trabalho. No negativo este planeta pode trazer autodestruição da situação e das possibilidades. Deve aqui ter cuidado com intrigas e reputação no ambiente profissional. 

Ely da Costa Varella
(imagem tirada do site:http://www.esoterikha.com) 

Fases da Lua

CURRENT MOON

Lua Fora de Curso

A Lua fora de Curso se dá quando ela transita por um signo e não faz mais nenhum aspecto (ângulo de zero, sessenta, noventa, cento e vinte e cento e oitenta graus) enquanto está naquele signo. É como se a Lua estivesse incomunicável. O fato de não fazer aspectos indica que aquele assunto não terá sustentação ou vai ocorrer de forma imprevisível.

Neste momento o bom é dar continuidade ao que já se conhece, que já está implantado. Você não vai perceber o efeito desta Lua em casa ou no trabalho fazendo suas atividades do dia-a-dia.

Sabe aquela meditação que nunca arranjamos tempo para fazer ou exercícios de relaxamento que na verdade nunca desligamos totalmente? E aquela massagem que sabemos que merecemos, mas nos falta tempo para nos permitir? Então, essa é a hora certa se praticar tais atividades introspectivas.

E o que não fazer no período desta Lua? Bem aqui vai uma pequena lista:

-Marcar vôos para viagens longas, se você tiver objetivos em outro país (sobretudo de longo prazo).

-Mudar-se de casa.

-Começar qualquer atividade que pretenda ter efeitos a longo prazo.

-Submeter-se a cirurgias.

-Realizar matrículas em cursos.

-Inaugurar empreendimentos (nada de estréia de peça de teatro, exposição, lançamento de livro, etc.)

-Marcar reuniões inaugurais importantes para este período.

-Ter o primeiro encontro para sair com alguém em quem você esteja interessado.

-Marcar consulta com um médico que você ainda não conhece

Tabela da Lua fora de curso para Outubro de 2016

Signo onde a Lua fora de curso está
Dia e horário de início da LFC
Dia e horário do final da LFC

  • 02h44 até 16h44 do dia 02, em Escorpião
  • 22h05 do dia 04 até 05h27 do dia 05, em Sagitário
  • 03h27 até 17h41 do dia 07, em Capricórnio
  • 13h52 do dia 09 até 03h34 do dia 10, em Aquário
  • 20h05 do dia 11 até 09h44 do dia 12, em Peixes
  • 04h14 até 12h09 do dia 14, em Áries
  • 02h24 até 13h05 do dia 16, em Touro
  • 12h47 do dia 17 até 12h31 do dia 18, em Gêmeos
  • 09h18 até 13h29 do dia 20, em Câncer
  • 17h15 até 17h35 do dia 22, em Leão
  • 10h22 do dia 24 até 01h17 do dia 25, em Virgem
  • 16h34 do dia 26 até 11h52 do dia 27, em Libra
  • 08h11 do dia 29 até 00h02 do dia 30, em Escorpião

Os horários correspondem ao horário de Brasília de 3 horas a menos em relação a Greenwich. Para outras localidades, é necessário somar ou subtrair horas, de acordo com o fuso horário.


"O horóscopo de nascimento só pode ser corretamente interpretado por homens e mulheres de sabedoria intuitiva; e destes há poucos" (Paramahansa Yogananda)

"Ainda que os planetas rejam os destinos terrestres, não deveria ser esquecido que Deus os controla. Entregando-nos a Ele, os efeitos planetários são suavizados e algumas vezes mudados. Quando a graça de Deus desce, os efeitos planetários são muito fracos" (primeiro filósofo da Índia: Satguru Keshavedas)



Os Aspectos

Os aspectos podem ser divididos em duas categorias: harmônicos e fluentes, ou dinâmicos e desafiadores, como bem os definiu Stephen Arroyo. Aqui apenas vou citar os principais:

Na primeira categoria, a dos aspectos harmônicos e fluentes estão algumas:

Conjunções
:

este aspecto tem uma distância de zero graus entre os planetas envolvidos. Sua influência positiva ou negativa, varia de acordo com os planetas envolvidos. É considerado o mais importante na astrologia, pois representa a junção de duas fortes energias.

O sêxtil:
a distância entre os planetas envolvidos é de sessenta graus. Considerado um aspecto fácil, pode nem sempre ser aproveitado pelo indivíduo. Ele é sempre uma saída para aliviar a tensão provocada por aspectos difíceis.

O trígono:
este mantém uma distância de cento e vinte graus entre os planetas envolvidos. É o mais fácil de todos os aspectos. Pode indicar um talento fácil de ser expressado. Porém ele pode provocar excessos que podem ser distorcidos devido à cooperação entre os planetas envolvidos.

Na segunda categoria, de aspectos dinâmicos e desafiadores, além de termos novamente algumas conjunções temos:


A quadratura:
este aspecto assinala noventa graus a distância entre os planetas. Este é o aspecto mais difícil, pois acaba trazendo sempre frustrações. Ele provoca tensão interior; são a duas facetas da personalidade em discórdia dentro do indivíduo.

A oposição:
este apresenta uma distância de cento e oitenta graus. Considerado um aspecto negativo, pois existe aqui a necessidade de se chegar ao meio-termo, de aliviar a tensão. Ele não cria uma grande frustração interior, mas quando conseguimos entender uma oposição podemos transformar esta energia em uma expressão mais positiva. Eu gosto de comparar a oposição a uma gangorra: podemos olhar os dois lados dela e desta forma eliminar o excesso do impulso, controlando as duas faces da personalidade.

Ely da Costa Varella