Facebook

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

COMO FICA A INTERPRETAÇÃO ASTROLOGICA DO MAPA DE IRMÃOS GÊMEOS?



A pergunta mais comum feita pelos que não “acreditam” em astrologia é: se cada um tem um mapa único. Se não existe duas pessoas iguais, como não existe duas digitais iguais, o que dizer dos irmãos gêmeos?

Gêmeos sempre são instigantes principalmente quando fisicamente iguais. Fofinhos - não há quem não pare para um beliscãozinho na bochecha dos pequenos vestidos iguaiszinhos. Identificá-los é sempre uma tarefa difícil. E não raro desde criança eles tentam sempre confundir os amigos e os pais. Não deve ser fácil abrir espaço para ser individual quando temos pela frente um espelho vivo.

Na ficção sempre há o gêmeo “mocinho” e o “malzinho”. Um sempre ocupa o lugar do outro provocando as mais variadas confusões tanto nos dramas como nas comédias.

Esse antagonismo retratado na cultura simboliza a eterna luta do ser humano dividido entre contradições espirituais e materiais na tentativa de afirmar sua personalidade.

De forma simplista os gêmeos são classificados como: um é mais extrovertido o outro é mais tímido.

Contrariando os céticos a Astrologia pode sim entender porque os gêmeos podem apresentar diferenças mesmo tendo um mapa astral igual, afinal o mapa astral não define pessoas iguais, e sim define pessoas parecidas.

Toda pessoa pode ou não mudar o seu destino através de suas escolhas. O livre arbítrio e a história da alma de cada um é que dá vida ao que está impresso no mapa de nascimento. Cada aspecto astrológico pode funcionar de maneiras diferentes para pessoas diferentes. O Marte pode indicar liderança no mapa de uma pessoa e agressividade no mapa de outra. Isso ocorre porque a pessoa sempre tem escolha.

Além disso, há muitos casos de gêmeos que nasceram com minutos de diferença, o que pode alterar significativamente o mapa. Ainda temos na literatura astrológica inúmeros casos de gêmeos astrais, que têm o mesmo mapa porque nasceram na mesma cidade e no mesmo momento, mas não são irmãos, cujas vidas são marcadas pelo que podemos chamar de coincidências significativas.

Por exemplo: pessoas que nasceram com Marte em aspecto tenso com Plutão encontram dificuldade em lidar com a raiva. Como eliminar a raiva quando se está fora de controle. No caso de irmãos gêmeos pode acontecer que um deles lide com esse aspecto reprimindo a raiva – implodindo. Ele não verbaliza, não exterioriza suas contrariedades o que pode levá-lo ao longo da vida a desenvolver sério problema de saúde. O outro irmão gêmeo, no entanto, pode lidar com o mesmo aspecto exteriorizando a raiva. Sendo explosivo em seu ambiente de convívio criando a fama ao longo da vida de uma pessoa “pavio curto”, descontrolada.

A polaridade signo solar e signo ascendente pode ficar bem evidente quando se observa irmãos gêmeos. Por exemplo: sol em Capricórnio e ascendente em Câncer. Enquanto um pode ser mais sério e reservado o outro gêmeo pode exteriorizar o lado mais meigo, sensível, protetor que vem do Câncer. É como se eles vivessem a totalidade de todas as possibilidades de um mesmo aspecto do mapa só que cada um mostrando um lado do mesmo aspecto.

Um Netuno forte formando aspecto com o sol ou com o ascendente no mapa dos gêmeos. Um deles pode expressar a mais alta possibilidade desse aspecto como a busca espiritual. Pode mostrar compaixão, amor incondicional pelas pessoas a sua volta. E seu irmão gêmeo viver o baixo desse mesmo aspecto que é uma dificuldade em perceber a realidade objetiva. Esse irmão pode apresentar confusão mental, ser inseguro etc. Ainda um deles pode ser criativo com esse aspecto, mas seu irmão gêmeo ter sido arrastado pelo paraíso das drogas porque foge da realidade.

Eu li uma vez em alguma matéria de astrologia na internet essa frase que compartilho e que explica muito bem a dinâmica da Astrologia: “quem tem Marte proeminente no mapa pode ter a habilidade de cortar carne, mas cada um vai escolher como vai cortar a carne, como açougueiro, cirurgião ou assassino” (Sandra Oliveira).

A Astrologia nos mostra que cada um tem a sua escolha e cabe a cada um usar o que tem da forma que pode.

Ely da Costa Varella

Fases da Lua

CURRENT MOON

Lua Fora de Curso

A Lua fora de Curso se dá quando ela transita por um signo e não faz mais nenhum aspecto (ângulo de zero, sessenta, noventa, cento e vinte e cento e oitenta graus) enquanto está naquele signo. É como se a Lua estivesse incomunicável. O fato de não fazer aspectos indica que aquele assunto não terá sustentação ou vai ocorrer de forma imprevisível.

Neste momento o bom é dar continuidade ao que já se conhece, que já está implantado. Você não vai perceber o efeito desta Lua em casa ou no trabalho fazendo suas atividades do dia-a-dia.

Sabe aquela meditação que nunca arranjamos tempo para fazer ou exercícios de relaxamento que na verdade nunca desligamos totalmente? E aquela massagem que sabemos que merecemos, mas nos falta tempo para nos permitir? Então, essa é a hora certa se praticar tais atividades introspectivas.

E o que não fazer no período desta Lua? Bem aqui vai uma pequena lista:

-Marcar vôos para viagens longas, se você tiver objetivos em outro país (sobretudo de longo prazo).

-Mudar-se de casa.

-Começar qualquer atividade que pretenda ter efeitos a longo prazo.

-Submeter-se a cirurgias.

-Realizar matrículas em cursos.

-Inaugurar empreendimentos (nada de estréia de peça de teatro, exposição, lançamento de livro, etc.)

-Marcar reuniões inaugurais importantes para este período.

-Ter o primeiro encontro para sair com alguém em quem você esteja interessado.

-Marcar consulta com um médico que você ainda não conhece

Tabela da Lua fora de curso para Outubro de 2016

Signo onde a Lua fora de curso está
Dia e horário de início da LFC
Dia e horário do final da LFC

  • 02h44 até 16h44 do dia 02, em Escorpião
  • 22h05 do dia 04 até 05h27 do dia 05, em Sagitário
  • 03h27 até 17h41 do dia 07, em Capricórnio
  • 13h52 do dia 09 até 03h34 do dia 10, em Aquário
  • 20h05 do dia 11 até 09h44 do dia 12, em Peixes
  • 04h14 até 12h09 do dia 14, em Áries
  • 02h24 até 13h05 do dia 16, em Touro
  • 12h47 do dia 17 até 12h31 do dia 18, em Gêmeos
  • 09h18 até 13h29 do dia 20, em Câncer
  • 17h15 até 17h35 do dia 22, em Leão
  • 10h22 do dia 24 até 01h17 do dia 25, em Virgem
  • 16h34 do dia 26 até 11h52 do dia 27, em Libra
  • 08h11 do dia 29 até 00h02 do dia 30, em Escorpião

Os horários correspondem ao horário de Brasília de 3 horas a menos em relação a Greenwich. Para outras localidades, é necessário somar ou subtrair horas, de acordo com o fuso horário.


"O horóscopo de nascimento só pode ser corretamente interpretado por homens e mulheres de sabedoria intuitiva; e destes há poucos" (Paramahansa Yogananda)

"Ainda que os planetas rejam os destinos terrestres, não deveria ser esquecido que Deus os controla. Entregando-nos a Ele, os efeitos planetários são suavizados e algumas vezes mudados. Quando a graça de Deus desce, os efeitos planetários são muito fracos" (primeiro filósofo da Índia: Satguru Keshavedas)



Os Aspectos

Os aspectos podem ser divididos em duas categorias: harmônicos e fluentes, ou dinâmicos e desafiadores, como bem os definiu Stephen Arroyo. Aqui apenas vou citar os principais:

Na primeira categoria, a dos aspectos harmônicos e fluentes estão algumas:

Conjunções
:

este aspecto tem uma distância de zero graus entre os planetas envolvidos. Sua influência positiva ou negativa, varia de acordo com os planetas envolvidos. É considerado o mais importante na astrologia, pois representa a junção de duas fortes energias.

O sêxtil:
a distância entre os planetas envolvidos é de sessenta graus. Considerado um aspecto fácil, pode nem sempre ser aproveitado pelo indivíduo. Ele é sempre uma saída para aliviar a tensão provocada por aspectos difíceis.

O trígono:
este mantém uma distância de cento e vinte graus entre os planetas envolvidos. É o mais fácil de todos os aspectos. Pode indicar um talento fácil de ser expressado. Porém ele pode provocar excessos que podem ser distorcidos devido à cooperação entre os planetas envolvidos.

Na segunda categoria, de aspectos dinâmicos e desafiadores, além de termos novamente algumas conjunções temos:


A quadratura:
este aspecto assinala noventa graus a distância entre os planetas. Este é o aspecto mais difícil, pois acaba trazendo sempre frustrações. Ele provoca tensão interior; são a duas facetas da personalidade em discórdia dentro do indivíduo.

A oposição:
este apresenta uma distância de cento e oitenta graus. Considerado um aspecto negativo, pois existe aqui a necessidade de se chegar ao meio-termo, de aliviar a tensão. Ele não cria uma grande frustração interior, mas quando conseguimos entender uma oposição podemos transformar esta energia em uma expressão mais positiva. Eu gosto de comparar a oposição a uma gangorra: podemos olhar os dois lados dela e desta forma eliminar o excesso do impulso, controlando as duas faces da personalidade.

Ely da Costa Varella