Facebook

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

A Mãe Sob o Ponto de Vista da Astrologia!



Como diz o populacho: “mãe é mãe”! E desta forma a “mãe” se dá ao direito de “tudo pode” em nome do amor que senti pelo filho. E todo filho ou filha tem lá uma relação sempre diferenciada com essa figura que ao mesmo tempo nos embala e nos castra ao longo da vida.

Qual é a verdadeira cara da mãe? Na verdade não tem, porque cada um de nós tem a visão de mãe que vem do signo e posicionamento da Lua no Mapa de Nascimento. A casa quatro do Mapa Astral também deve ser analisada para compor essa nossa mãe idealizada que em muitas vezes não corresponde àquela mãe de carne e osso.

É sempre interessante levantar o Mapa de um núcleo familiar, porque claro haverá apenas uma mãe, mas em uma família de três filhos, por exemplo, essa mesma mãe será vista, sentida, descrita de modo diferente por cada filho.

Olhando para o signo da Lua que está no seu Mapa de Nascimento você pode saber como você percebe a sua mãe:



Lua em Áries

Para o nativo com a Lua em Áries a mãe é uma mulher independente, agitada dada ao comando. Exigente. Esse filho às vezes irá sofrer com o jeito curto e grosso dessa mãe se posicionar. A palavra dela será sempre a última. O interessante aqui é que esse filho enxerga a mãe como uma pessoa que exerce a liberdade, mesmo que ela seja do lar. Ela será sempre um ser livre o que pode muitas vezes gerar uma certa carência nesse filho que embora admire muito essa mãe pode achar que ela não dedique a ele o tempo que ele gostaria de obter dela.



Lua em Touro

O nativo que tem a Lua em Touro tem uma supermãe. Essa mulher sabe suprir todas as necessidades desse filho. Faz de tudo para dar uma base sólida para ele se desenvolver. Dessa forma, este filho se senti sempre superprotegido na vida. O senão aqui, é a possessividade dessa mãe que não hesitará um minuto para opinar em todas as decisões dele. Mas sem dúvida alguma, com ela ele sempre poderá contar.



Lua em Gêmeos

Este nativo tem uma mãe volúvel. Ela se interessa por muitas coisas e as vezes é difícil para esse filho pontuar qual a atividade real da mãe. Uma mãe literalmente aérea para esse filho que pode senti-la distante emocionalmente visto que para ela falar de qualquer assunto é fácil, mas dizer sobre seus sentimentos é praticamente impossível. O forte dessa mãe é incentivar sua cria rumo ao desenvolvimento intelectual e profissional sempre de olho nas mudanças positivas ao longo da vida do filho. Porque com certeza a rotina não faz parte dessa mãe.



Lua em Câncer

Este nativo é muito apegado à mãe esperando dela muitas vezes algo que ela não pode dar além de reações exageradas. Afinal para este filho a mãe canceriana é emocionalmente intensa. Mas é uma mãe muito cuidadosa, protetora, carinhosa, mas cuidado ela também irá invadir a vida do filho pelo simples fato de perceber tudo o que está se passando com ele. Dessa mãe é difícil esconder algo. Esse filho irá se sentir sempre protegido e amado mesmo que sufocado.



Lua em Leão

Esse nativo tem uma mãe exuberante. Personalidade forte, mas com um coração bondoso. É uma mãe confiante que sempre irá ajudar esse filho brilhar na profissão e na vida social. Mas de quando em quando a reação dessa mãe é como se estivesse em um palco representando. Esse filho deve evitar competir com a mãe pelo espaço do brilho. É um filho terá muito orgulho dessa mãe. E essa mãe pode ser a “galinha com pintinho embaixo das asas”.



Lua em Virgem

Esse nativo tem a mãe que mantém a casa um brinco. Tudo organizado e limpo. Essa mãe irá estimular os estudos e o aprendizado de tudo que é prático para vida. Uma mulher discreta, ordeira muitas vezes com uma postura um tanto serviçal para com esse filho. A cobrança será maior em relação a higiene, cuidados com a saúde e manter o quarto em ordem.



Lua em Libra

É comum encontrarmos nativos aqui cuja mãe forçou a gravidez por alguma razão (melhorar o casamento, casou grávida, etc). Esta mulher é elegante, diplomática, de bom gosto. Estimula o filho a apreciar a arte de forma geral. O lado ruim aqui é se tratar de uma mãe muito idealizada, dificultando o lidar com as próprias imperfeições. O filho sempre terá um dificuldade em ver a mãe como ela é.



Lua em Escorpião

Esse nativo tem uma ganha que não se engana facilmente. Uma mulher intuitiva, dominadora, inteligente. Ela irá manipular o filho direitinho para ele acabar concordando com ela.  Uma mãe com forte poder de doação, mas que apresenta a conta. Extremista é tudo ou nada. Extremamente emocional. Mas esse filho aprenderá a ter coragem e seguir em frente. A vida não nos dá espaço para lamentações. Uma mãe que sempre dá a volta por cima. Não se deixa derrotar. Protetora ao extremo enquanto os filhos são crianças. Mas irá dar liberdade e cria-lo para enfrentar a vida.



Lua em Sagitário

O nativo aqui vê a mãe como uma mulher otimista, modesta, que gosta de atividades ao ar livre.  Generosa, expansiva, que adora uma boa viagem. Essa mãe irá sempre incentivar a alegria, a fé em si mesmo. Apoiará sempre o filho a descobrir novos horizontes, a importância do posicionamento religioso, filosófico da vida. Irá ensinar sobre direitos e deveres.



Lua em Capricórnio

Esse nativo tem uma mãe séria que valoriza a disciplina. Irá exigir os estudos que levará a uma carreira bem estruturada. Irá apoiar o filho ao casamento e o agir corretamente. Não será uma mãe amorosa o dever será sempre mais importante. O filho aqui pode se sentir solitário, rejeitado ou sobrecarregado de dever e carente de afeto. É uma mãe que o filho vê como exigente demais.



Lua em Aquário

Esse nativo tem uma mãe intelectualmente interessante. Uma mãe que adora a liberdade e oferta essa possibilidade para o filho. Essa mãe está mais preocupada em estimular a criatividade e os estudos. Uma mulher de mente aberta que nunca se tem certeza do que esperar dela. Este filho irá estabelecer muita mais uma relação de amizade com essa mãe do que propriamente uma relação mãe e filho nos moldes tradicionais.



Lua em Peixes

Esse nativo vê a mãe como uma sofredora cuja vida não favoreceu. Para esse filho essa mãe é vitoriosa frente a tudo que passou na vida. Uma mãe profundamente sensível e mística. Carinhosa e por ele vista como frágil. Uma mulher que ele precisa cuidar. Ao filho ela ensinará a importância da fé. Fé em algo maior. Fé em Deus. Essa mãe será capaz de todos os sacrifícios pelo filho.

Ely da Costa Varella

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fases da Lua

CURRENT MOON

Lua Fora de Curso

A Lua fora de Curso se dá quando ela transita por um signo e não faz mais nenhum aspecto (ângulo de zero, sessenta, noventa, cento e vinte e cento e oitenta graus) enquanto está naquele signo. É como se a Lua estivesse incomunicável. O fato de não fazer aspectos indica que aquele assunto não terá sustentação ou vai ocorrer de forma imprevisível.

Neste momento o bom é dar continuidade ao que já se conhece, que já está implantado. Você não vai perceber o efeito desta Lua em casa ou no trabalho fazendo suas atividades do dia-a-dia.

Sabe aquela meditação que nunca arranjamos tempo para fazer ou exercícios de relaxamento que na verdade nunca desligamos totalmente? E aquela massagem que sabemos que merecemos, mas nos falta tempo para nos permitir? Então, essa é a hora certa se praticar tais atividades introspectivas.

E o que não fazer no período desta Lua? Bem aqui vai uma pequena lista:

-Marcar vôos para viagens longas, se você tiver objetivos em outro país (sobretudo de longo prazo).

-Mudar-se de casa.

-Começar qualquer atividade que pretenda ter efeitos a longo prazo.

-Submeter-se a cirurgias.

-Realizar matrículas em cursos.

-Inaugurar empreendimentos (nada de estréia de peça de teatro, exposição, lançamento de livro, etc.)

-Marcar reuniões inaugurais importantes para este período.

-Ter o primeiro encontro para sair com alguém em quem você esteja interessado.

-Marcar consulta com um médico que você ainda não conhece

Tabela da Lua fora de curso para Outubro de 2016

Signo onde a Lua fora de curso está
Dia e horário de início da LFC
Dia e horário do final da LFC

  • 02h44 até 16h44 do dia 02, em Escorpião
  • 22h05 do dia 04 até 05h27 do dia 05, em Sagitário
  • 03h27 até 17h41 do dia 07, em Capricórnio
  • 13h52 do dia 09 até 03h34 do dia 10, em Aquário
  • 20h05 do dia 11 até 09h44 do dia 12, em Peixes
  • 04h14 até 12h09 do dia 14, em Áries
  • 02h24 até 13h05 do dia 16, em Touro
  • 12h47 do dia 17 até 12h31 do dia 18, em Gêmeos
  • 09h18 até 13h29 do dia 20, em Câncer
  • 17h15 até 17h35 do dia 22, em Leão
  • 10h22 do dia 24 até 01h17 do dia 25, em Virgem
  • 16h34 do dia 26 até 11h52 do dia 27, em Libra
  • 08h11 do dia 29 até 00h02 do dia 30, em Escorpião

Os horários correspondem ao horário de Brasília de 3 horas a menos em relação a Greenwich. Para outras localidades, é necessário somar ou subtrair horas, de acordo com o fuso horário.


"O horóscopo de nascimento só pode ser corretamente interpretado por homens e mulheres de sabedoria intuitiva; e destes há poucos" (Paramahansa Yogananda)

"Ainda que os planetas rejam os destinos terrestres, não deveria ser esquecido que Deus os controla. Entregando-nos a Ele, os efeitos planetários são suavizados e algumas vezes mudados. Quando a graça de Deus desce, os efeitos planetários são muito fracos" (primeiro filósofo da Índia: Satguru Keshavedas)



Os Aspectos

Os aspectos podem ser divididos em duas categorias: harmônicos e fluentes, ou dinâmicos e desafiadores, como bem os definiu Stephen Arroyo. Aqui apenas vou citar os principais:

Na primeira categoria, a dos aspectos harmônicos e fluentes estão algumas:

Conjunções
:

este aspecto tem uma distância de zero graus entre os planetas envolvidos. Sua influência positiva ou negativa, varia de acordo com os planetas envolvidos. É considerado o mais importante na astrologia, pois representa a junção de duas fortes energias.

O sêxtil:
a distância entre os planetas envolvidos é de sessenta graus. Considerado um aspecto fácil, pode nem sempre ser aproveitado pelo indivíduo. Ele é sempre uma saída para aliviar a tensão provocada por aspectos difíceis.

O trígono:
este mantém uma distância de cento e vinte graus entre os planetas envolvidos. É o mais fácil de todos os aspectos. Pode indicar um talento fácil de ser expressado. Porém ele pode provocar excessos que podem ser distorcidos devido à cooperação entre os planetas envolvidos.

Na segunda categoria, de aspectos dinâmicos e desafiadores, além de termos novamente algumas conjunções temos:


A quadratura:
este aspecto assinala noventa graus a distância entre os planetas. Este é o aspecto mais difícil, pois acaba trazendo sempre frustrações. Ele provoca tensão interior; são a duas facetas da personalidade em discórdia dentro do indivíduo.

A oposição:
este apresenta uma distância de cento e oitenta graus. Considerado um aspecto negativo, pois existe aqui a necessidade de se chegar ao meio-termo, de aliviar a tensão. Ele não cria uma grande frustração interior, mas quando conseguimos entender uma oposição podemos transformar esta energia em uma expressão mais positiva. Eu gosto de comparar a oposição a uma gangorra: podemos olhar os dois lados dela e desta forma eliminar o excesso do impulso, controlando as duas faces da personalidade.

Ely da Costa Varella